Papo com treinador acalma Washington

17-05-2010 22:59

 

Papo com treinador acalma Washington
Jogador cogitava ir para o Atlético PR
 
Por: Luiz Felipe Barbiéri, repórter do site Fanáticos por futebol
 
PUBLICIDADE

 O atacante Washington conversou com Ricardo Gomes e tudo parece resolvido entre os dois. Insatisfeito com o banco de reservas, o jogador cogitou deixar o tricolor do Morumbi para jogar no Atlético PR.

Washington começou a temporada como titular, e logo depois perdeu espaço para Fernandinho. Em seguida, recuperou seu espaço e agora voltou a ficar como opção no banco com a chegada de Fernandão.

Ricardo Gomes, no entanto, não quer abrir mão do principal goleador do time, com 12 gols na temporada. O treinador explicou que não é porque o jogador não é titular absoluto que não é importante para o grupo.

Washington gostou do que escutou e tudo ficou resolvido. Nesta terça-feira, para encerrar definitivamente o episódio, o camisa 9 concederá uma entrevista coletiva após o treino que terá início às 16h no CT da Barra Funda.

 

1. Procedimento da transação penal A audiência preliminar que faz menção o artigo 72 da Lei n. 9.099/1995 é composta de duas partes: [1] composição dos danos e [2] proposta de aplicação imediata de pena não privativa de liberdade [01], que poderá ser restritiva de direitos ou multas [02]. A composição dos danos tem relevância na parte penal quando se tratar de ação penal de iniciativa privada ou de pública condicionada à representação, pois o acordo homologado significará renúncia ao direito de queixa ou representação [03]. Quando se tratar de ação penal pública incondicionada, a composição dos danos e a transação são completamente independentes uma da outra. Em outras palavras, se não houver composição dos danos, isto não será impeditivo para a proposta da pena alternativa. Se acontecer a composição, isso, por si só, não será motivo suficiente para obter a transação. Um pouco diferente será a situação quando envolver delitos ambientais. De acordo com o artigo 27 da Lei n. 9.605/1998, a proposta de aplicação imediata de pena restritiva de direitos ou multa (disposta no artigo 76 da Lei n. 9.099/1995), somente poderá ser formulada se houver a "prévia composição do dano ambiental". Essa prévia composição foi entendida pela doutrina especializada como compromisso de recuperação ambiental e não a efetiva reparação do dano [04]. Portanto, há uma condição anterior ao momento do oferecimento da proposta de transação penal. Assim, se o suposto autor do fato não se comprometer (acordar) a recuperar o ambiente degradado, não se vai para a fase seguinte (transação = aplicação da pena restritiva de direitos ou multa). Firmado o compromisso, então, nos termos do artigo 76 da Lei n. 9.099/1995, o Ministério Público, não sendo caso de arquivamento, poderá propor a aplicação imediata de pena restritiva de direitos ou multas.